Masou Gakuen HxH | Vol 4 - Cap 3 (Parte 2)

 


HxH Vol 4 - Capítulo 3 (Parte 2) - Operação de Recaptura em Tóquio

Capítulo 3 (Parte 2) - Operação de Recaptura em Tóquio



No momento em que Kizuna viu a figura de sua mãe, ele sentiu um nervosismo semelhante ao terror. Suas pernas congelaram involuntariamente e ele foi incapaz de se mexer.
'Merda-! Controle Hida Kizuna! O que você está fazendo por causa de sua mãe! Por que você está indo tão longe?'
Kizuna se encorajou e olhou para sua mãe. E então ele se adiantou resolutamente, como se apressasse, ele caminhou até a frente de sua mãe.
Olhando para Kizuna que era assim, Nayuta estava mostrando seu sorriso gentil de sempre.
"Ka...... Kaa-san."
Quando ele viu aquele sorriso, as coisas que ele queria dizer, as coisas que ele queria perguntar, de repente surgiram. Montanhas de dúvida e perguntas procuravam uma saída ao mesmo tempo, fazendo sua garganta se contrair e nenhuma voz sair.
“Fufufu, eu sei o que você quer perguntar. Por que essas pessoas não estão nos reconhecendo, não é?"
"Sim, sim... isso é verdade."
Havia outras perguntas, havia algo ainda mais importante para ele. Ele tentou dizer isso, mas as palavras de Nayuta o interromperam.
“Exatamente como você adivinhou, eles foram colocados sob uma poderosa magia. Eles não podem reconhecer a situação atual e viver dentro do mundo feliz de antes do Conflito com a UA. ”
Kizuna engoliu em seco.
"Por que..... por que você está fazendo isso?"
"Porque será realmente difícil para o experimento se eles tivessem livre-arbítrio."
'--Experimento?'
“Eu prometi que mostraria algo interessante, não é? Olhe para lá."
Perseguindo o olhar de Nayuta, seus olhos foram capturados por uma máquina estranha instalada no cruzamento.
Era como uma árvore criada a partir de componentes metálicos e eletrônicos. A parte do tronco era feita de metal e emaranhada complexamente por cabos, crescia alto até cerca de vinte metros. Do meio do tronco, várias antenas se projetavam como galhos espalhados. E então pelas pontas, cabos finos como linhas telefônicas estavam se espalhando em quatro direções.
Com essa árvore de metal como centro, um círculo mágico metálico com diâmetro que chegava a cinquenta metros foi espalhado no chão. Ao olhar atentamente, percebeu que o círculo mágico era desenhado por um conjunto de cabos metálicos que formavam a árvore no centro.
"Isso é......?"
Kizuna não entendeu exatamente o que era essa coisa que era como um objeto de arte moderna. Mas ele também sentiu que era algo anticlimático.
Naquela hora, um trabalhador de escritório vestindo um terno passava apressadamente por Kizuna. Ele estava se desculpando com tudo no smartphone que segurava no ouvido enquanto suava na testa.
“Sinto muito, o trem estava um pouco atrasado..... sim, em dez minutos..... sim, minhas mais profundas desculpas. Eu chegarei em breve."
"Ele pode usar... smartphone?"
Nayuta balançou a cabeça para Kizuna, que estava sussurrando em admiração.
“É claro que coisas como estação base para telefone não são ativadas. Esse funcionário está apenas sentindo que está fazendo uma ligação. Ele não está falando com ninguém. Em vez disso, veja os traços de seu passo."
Sendo informado por Nayuta, Kizuna baixou o olhar para o chão pelo qual o funcionário do escritório passava. Lá, seus passos brilhavam vagamente em branco azulado, e logo foi absorvido pelo chão e desapareceu.
"O que é essa luz agora?"
Para responder ao murmúrio de Kizuna, Nayuta apontou para a árvore em pé no cruzamento.
Partículas de luz corriam dentro do círculo mágico desenhado no chão. Essas luzes chegaram ao cabo e alcançaram a árvore no centro. E então o tronco da árvore elevou a luz branca azulada acima como se estivesse tirando água do chão. E então essa luz foi transmitida aos cabos que se estendiam dos galhos e cruzavam para o outro lado da rua.
A luz passou sobre o fosso do palácio imperial e desapareceu na entrada que se materializou ali. A luz radiante viajou ao longo do cabo e fluiu para a UA.
"Kaa-san...... o que é isso?"
"A força vital é sugada daquele humano e depois convertida em energia."
"Qu……"
Kizuna duvidou de seus ouvidos.
“O que chamei de energia é... isso mesmo, como pensei, chamando de [poder mágico]... Atualmente, o alvo era apenas a área em torno da entrada, mas existe um plano de que em pouco tempo toda a área dentro da linha de Yamanote se tornará uma usina mágica.”
Quando ele olhou atentamente, havia cabos em todos os lugares que se estendiam em direção à entrada.
Um grande número de pessoas passava diante de seus olhos. A força vital foi roubada de toda a multidão. E então partículas leves seguiram os cabos e fluíram para a entrada.
"Poder mágico? Plano... você disse?
Kizuna não conseguiu entender o significado dessas palavras.
“Todas as pessoas dentro da linha Yamanote são transformadas em uma fonte de energia para fornecer energia mágica. Eles estão fornecendo sua força vital, que é sua resistência e força de vontade como energia, é isso que significa.”
'Que diabo é isso…….'
"Não é exatamente o mesmo que o mecanismo do Heart Hybrid Gear?"
"Sim. É por isso que eles morrerão se sua energia for completamente consumida. Isso simplesmente não vai funcionar. Por esse motivo, é necessária uma gestão adequada. A planta está absorvendo metade da energia que os humanos recuperam em um dia.”
“Por que apenas metade? É estranhamente gentil nesse tipo de lugar, hein."
Kizuna pretendia dizer isso como sarcasmo. Mas Nayuta nem percebeu e continuou sua explicação.
“Se coletarmos tudo, os humanos não serão capazes de fazer suas atividades. Eles ficarão completamente adormecidos o dia inteiro. Isso inevitavelmente convidará ao declínio da resistência e há grandes possibilidades de a vida deles se tornar curta. Isso resultará em uma pequena quantidade de energia obtida. É por isso que, para coletar energia da maneira mais eficiente, eu os faço viver de acordo com o cronograma que planejei. Por esse motivo, recebem magia poderosa como esta.”
Kizuna olhou para as pessoas que iam e vinham...
"Por que Kaa-san fez algo assim...... esse poder mágico, que merda é isso?"
“Se eu tiver que dizer com simplicidade, é a energia para todos os fins do mundo. Embora agora eles estejam enfrentando um sério problema de energia. Esta é a contramedida para isso.”
"Problema de energia da UA?"
"Não brinque comigo... eles estão invadindo este mundo por algo assim?"
“Mesmo que por uma questão de argumento seja assim, mas isso não é realmente algo raro, certo? Também acontece frequentemente em nosso mundo aqui.”
“Esse não é o problema! Você acha que fazer algo cruel como esse pode ser perdoado?!”
"Pode."
"......!"
Kizuna não conseguiu dizer nada depois de receber uma resposta que foi dita tão naturalmente assim.
“Isso não está bem? Eles parecem felizes, não vê? Olhe para eles, Kizuna."
Kizuna olhou para os rostos dos trabalhadores e estudantes... Havia um rosto sombrio e também um rosto feliz; de qualquer forma, eram rostos que estavam vivendo seu respectivo dia comum.
Mas essa era uma vida que veio de um dia comum falso.
“Algo como um dia comum...... uma paz criada a partir do hipnotismo, que tipo de significado existe em uma felicidade tão fictícia! Algo assim não é diferente de um monte de gado!"
Dez anos atrás, ele experimentou ser abandonado. Mesmo assim, em algum lugar dentro dele havia um coração que desejava sua mãe. Ele honestamente amava sua mãe. E agora Kizuna jogou sua raiva naquela mãe.
No entanto, essa mãe falou como se fosse para adverti-lo.
"Para agora, ser gado é um trabalho adequado."
Kizuna apertou o punho dele.
'--Essa é...
Essa é minha mãe?
Pensado sobre isso, talvez eu também seja como um gado para essa pessoa.
Ela me criou como cobaia, mas me jogou fora quando eu não era mais necessario.
Kizuna olhou para Nayuta com uma expressão sombria.
“Kaa-san, não vou esperar mais nada da sua consciência. Mas quero que você assuma a responsabilidade."
"Responsabilidade? Pelo que, eu me pergunto?"
“Por fazer o Heart Hybrid Gear e depois forçá-lo a outras pessoas! Por que você criou algo como o Heart Hybrid Gear!? Esse tipo de arma! Além disso, você foi até a UA e criou para eles o Heart Hybrid Gear, chamando de armadura mágica!”
Nayuta suspirou de repente.
"Kizuna está cometendo um erro aqui."
"Erro? Que porra! Dar desculpas depois de ir tão longe é..."
"O Core do Heart Hybrid Gear não é algo que eu criei."
'……O que?'
“O núcleo é algo da UA. Também o investiguei em Vatlantis, mas por lá o Core também é tratado como algo misterioso, não está claro com que tipo de tecnologia foi criado. Provavelmente foi criado pela raça no tempo anterior ao Império do Vatlantis...... pelas pessoas que governaram a UA na era pré-histórica, é o que eu acho.”
“I-Isso é impossível! Então como……"
“Por volta do início do 1° Conflito com a UA, um Core foi descoberto perto de uma Entrada. Provavelmente houve um surto de entradas em pequena escala. Aquela entrada estava conectada ao local onde o Vatlantis armazenou seus Cores por acidente e os Cores caíram no mundo por aqui...... isso não passa de uma hipótese. ”
"Não é algo que Kaa-san criou?"
“Parece que, nos tempos antigos, esses Cores eram itens que os seres mágicos usavam. Eles criaram armaduras usando seu próprio poder mágico, equiparam seus corpos com armas poderosas, era um tipo de ferramenta mágica. No entanto, não há poder mágico em humanos. No entanto, olhando para a minha pesquisa, entendi que há algo com energia que é extremamente próximo ao poder mágico. Isso é……"
Kizuna fez uma careta.
"Ou seja, a força vital dos seres humanos..... a energia dos seres vivos, é isso?"
"Certo. Graças a essa energia de reposição, mesmo humanos sem poder mágico podem produzir o Heart Hybrid Gear. O que fiz foi apenas criar um mecanismo para usar a força da vida humana em substituição ao poder mágico.”
“Então…… mesmo o método para suprimir a redução do Hybrid Count ou extrair o Core……”
"Eu não sei."
'Merda-! Mesmo que eu finalmente tenha encontrado Kaa-san, isso não resolve nada.'
“――Não, de qualquer maneira…… eu vou voltar para Ataraxia. Se Kaa-san não souber, pense em como vai ser a partir de agora. Juntamente com um método de repelir a UA.”
Kizuna abriu a janela de comunicação.
“Aqui é Kizuna. Eu encontrei Kaa-sa...... Professora Nayuta, eu a levarei de volta depois disso. Me dê uma ajuda."
Antes que ele pudesse terminar de dizer isso, Aine caiu do céu.
“Kizuna! Professora Nayuta!"
Quando Nayuta percebeu a figura de Aine, ela levantou a voz alegremente.
“Aah, Aine. Então você veio, eu esperei por você."
Aine encarou Nayuta com um rosto duvidoso.
"Esperando por mim?"
"Sim. Estava te esperando. Pelo seu armamento proibido."
- Sobre o que Kaa-san está falando?
Aine também inclinou o pescoço da mesma forma que Kizuna.
"Eu não entendo o significado do que a professora está falando, mas... de qualquer maneira, vamos voltar para Ataraxia."
Naquele momento, uma voz aguda e desconhecida ressoou.
"Eu te encontrei, Zeros!"
Kizuna procurou o dono da voz e olhou em volta.
Do outro lado da rua, um navio de guerra da UA estava lentamente aparecendo da brecha dos edifícios. A visão do gigantesco navio de guerra mostrando sua aparência na cobertura do edifício possuía uma pressão bizarra.
Era um navio de guerra da classe de 500 metros, com linha elegante e corpo esbelto. Graças à sua magreza, podia voar acima de uma rua larga. O casco era vermelho brilhante, era um tipo que eles realmente nunca haviam encontrado antes.
No entanto, ele reconheceu a figura que estava em pé na proa daquele navio.
O grande tipo de armadura mágica Demon que estava cruzando os braços. E então, a pequena garota com chiquinhas*, chamada Ragrus, que estava dentro daquele corpo grande.
“Eu pensei que você absolutamente viria ver a Nayuta! Agora, eu vou pegar e arrastar você na frente de Zelcyone-sama!"
O Gear acendeu seu propulsor e atacou Aine.
Valdy levantou uma voz em pânico.
"R-Ragrus, dentro do amplo círculo mágico é-"
"Eu sei! Não devo estragar a magia de Zelcyone-sama! Em vez disso, pegue essas pessoas!"
"Eh... ah, desculpe."
O braço de Valdy, começando pelo cotovelo, desapareceu repentinamente.
Naquela hora, quando Aine tentou sair da linha de movimento do ataque de Ragrus, mas uma garra de aço agarrou o braço de Aine.
"O que...... o que há com isso."
Aine sentiu-se assustada olhando para o braço de aço que apareceu do nada.
"Aine!? Merda, essa garota!
Até o braço de Kizuna que estava tentando ajudar também foi igualmente contido. Kizuna começou a suar frio porque Demon estava se aproximando com uma velocidade incrível. As mãos grandes de Demon se abriram e se aproximaram de Kizuna e Aine.
'Droga! Vai ser perigoso a esse ritmo se formos pegos por isso!'
Os braços robustos do Demon rapidamente estenderam a mão e agarraram o corpo de Kizuna e Aine.
'--Droga!'
--------------------------
--------------------------
--------------------------
--------------------------

Tradutor: Ascherit
Revisor: Ascherit