Masou Gakuen HxH | Vol 2 - Cap 4 (Parte 2)

 


HxH Vol 2 - Capítulo 4 (Parte 2) - Ruptura Inigualável

Capítulo 4 (Parte 2) - Ruptura Inigualável


Parte 3

Kizuna estava carregando Himekawa nos braços, indo para Ataraxia.
“Kizuna falando. Ataraxia, responda."
Uma janela flutuante projetava Reiri.
“Nee-chan, meu lado foi como planejado. Estou no meio de voltar para Ataraxia...
{Kizuna, mudança de plano. Planejamos destruir Tri-Head com Pulverizer, mas Aldea interrompeu e agora ela está no meio da batalha com Aine. Yurishia está lutando com a Tri-Head sozinha.}
"O que você disse!?"
Naquele Heart Hybrid de Aldea, Zeel possuía um poder misterioso. Além disso, Tri-Head era um oponente que não podia ser derrotado, mesmo com os quatro juntos.
A testa de Kizuna estava suando frio.
{A única salvação é você e Himekawa. Vá até lá para reforço imediatamente!}
Kizuna olhou para Himekawa nos braços.
"Me pondo de lado, o Hybrid Count de Himekawa já está na zona vermelha, ela está em um estado que nem sequer pode colocar Neros aqui!"
Kizuna gritou com Reiri dentro da janela.
{Estou enviando a 'coisa' agora. Voe direto para ele.}
"A coisa?"
Justo quando ele estava falando assim na janela de comunicação, Kizuna foi brilhado com uma luz deslumbrante.
De frente, uma grande cápsula que ele lembrava de ter visto antes suspensa embaixo de um helicóptero se aproximava.

"Nn......"
"Himekawa?"
"Hum...... Oi, Hida, kun?"
Os olhos de Himekawa se abriram um pouco.
“Eh, eh? Esse lugar? De alguma forma, parece agradavelmente fofo…..aaah!? ”
Notando a si mesma que estava dormindo em uma cama com um traje piloto esfarrapado e Kizuna que estava sentada ao lado dela, Himekawa involuntariamente levantou uma voz estranha.
"Eu...!"
Estando alerta para Kizuna que estava em seu traje piloto, Himekawa abraçou seu corpo e recuou até o canto da cama. Certamente o traje piloto era feito de um material fino que cabia no corpo. Era compreensível que ela quisesse estar em guarda. Além disso, o traje piloto de Himekawa tinha buracos abertos aqui e ali. O traje piloto que já apresentava alta taxa de exposição na melhor das hipóteses se tornou algo ainda mais arriscado, por isso a assustou ainda mais.
"Onde é esse lugar, além da minha aparência, você, você, o que você fez comigo!?"
“Eu não fiz nada-! Nada mesmo!"
Himekawa gritou com o rosto vermelho brilhante e olhou para Kizuna enquanto seu nariz estava bufando bruscamente.
''Ah, agora eu penso em voltar..."
A memória de Himekawa estava voltando. Ela estava olhando em volta da sala, inquieta, com um rosto ansioso.
"Eu... Se bem me lembro..."
"É isso mesmo, eu deveria ter perdido contra essa inimiga, Aldea."
“Isso está acima do mar. O novo equipamento trazido de Ataraxia está flutuando no mar. Agora, estamos dentro, é assim que é.”
"Equipamento novo...... essa coisa?"
A cama em que ela estava dormindo era uma cama branca pura do tamanho ideal para uma rainha.
Dentro da sala, havia uma mesa e um sofá, cômoda, monitor. Dentro havia também um grande banheiro. O local de lavagem e também a banheira eram largos o suficiente para serem usados ​​por duas pessoas com espaço suficiente sobrando.
"Eu estava lutando com aquele inimigo chamado Aldea...... fui empurrada para os escudos do inimigo, fiquei incapaz de me mover, lembro dos acontecimentos até aquele momento, mas depois disso....."
Himekawa pressionou a mão na cabeça, tentando desesperadamente se lembrar.
"Acho que você não se lembra do que aconteceu depois que desmaiou, mas Himekawa, você se tornou uma refem."
"Eh!"
Himekawa fez uma careta mostrando que estava chocada do fundo do coração.
"Mas... eu não... lembro de tudo isso..."
Ela balançou a cabeça em descrença.
"Mas, se isso aconteceu, como eu..."
Dizendo até aquele momento, a pele de Himekawa mudou.
“Realizamos uma operação para resgatar você. O Armamento de Corrupção de Aine derrubou o porta-aviões do inimigo, então, eu e a Yurishia resgatamos você. Mas a operação ainda não terminou.”
"Isso..... o que você quer dizer?"
" Aldea e também a categoria Ultra Tri-Head são fortes."
Ao ouvir esse nome, os ombros de Himekawa se contraíram.
“Aldea está lutando com Aine, o Tri-Head está enfrentando Yurishia, quero ajuda-las imediatamente. É por isso que... Himekawa?
O rosto de Himekawa empalideceu, seu corpo tremia em calafrios.
"Oi, o que há de errado?"
"Eu, eu, o que eu fiz......"
Kizuna se inclinou na cama e espiou o rosto de Himekawa.
"Você está bem? Sua pele está palida."
"Eu... eu sou uma inútil...... eu já sou inútil."
Sua mão trêmula agarrou o lençol com força.
“Tomar ações arbitrárias por conta própria, com base em emoções pessoais... Eu estava dizendo coisas importantes, tentando corrigir a conduta de outras pessoas, enquanto no final sou eu a quem mais estava errada... por minha culpa, meus companheiros.... estão em perigo…… uu-“
Lágrimas caíram dos olhos de Himekawa.
“Himekawa.... não se culpe tanto assim. Ninguém está pensando isso de você."
"Mesmo que ninguém pense isso de mim, não posso me perdoar!"
Quando ela levantou o rosto e gritou, lágrimas se espalharam de seus olhos.
"Himekawa...... em primeiro lugar, por que você é obcecada pelo Tri-Head?"
Himekawa abaixou a cabeça, ficou quieta por um tempo.
No entanto, ela abriu a boca, então com determinação.
"...... Antes, eu tinha lutado contra essa categoria - Ultra uma vez."
'Eh!?'
A batalha anterior não foi o primeiro ataque daquela arma mágica?
“Foi no meio de uma situação caótica, então eu não fiz um relatório oficial sobre isso, mas por ocasião do 2° Conflito com a UA...... logo antes da ativação do Megafloat, o Tri-Head apareceu no Japão."
Himekawa estava olhando o ar vazio com um olhar triste.
“As entradas também apareceram no Japão no 2° Conflito contra a UA. Para se opor à arma mágica que apareceu lá, Amaterasu foi despachada...... no entanto, Yurishia-san participou da operação da sétima frota do exército americano, enquanto Aine-san tinha o dever de proteger Ataraxia e o Megafloat do Japão. A proteção do Japão continental foi confiada a mim sozinha.”
"Só você sozinha!?"
"Sim."
"Isso é um absurdo!"
Era um absurdo, não importa como ele pensasse sobre isso. O cara empurrando esse dever para ela é realmente um desgraçado."
Parecia que Himekawa podia adivinhar o pensamento de Kizuna. Himekawa mostrou um sorriso triste.
“Mas, naquele momento, pensei seriamente que poderia proteger o Japão até o fim sozinha. Eu posso fazer isso com o meu poder, e se eu não puder fazer isso, então que significado há neste Heart Hybrid Gear. Eu me convenci assim.
Himekawa olhou para o ar vazio lembrando de algo.
“Voei por todo o Japão, derrotando armas mágicas uma após a outra. Se é assim, eu vou ficar bem, posso proteger o Japão, foi o que senti. ”
Certamente, se fosse a capacidade de combate de Himekawa, ela poderia até derrotar um de categoria A. Mas…….
“No entanto, isso foi apenas até que a marcha do inimigo estivesse em pleno andamento, foi apenas por um curto período de tempo. Logo, eu não poderia fazer nada sozinha.
A testa de Himekawa estava gravada com vincos de angústia.
“O que devo fazer para lidar com as armas mágicas que apareceram em todo o país simultaneamente? A invasão da UA estava progredindo, cada território do Japão caiu nas mãos do inimigo, um após o outro. Não entendi o que aconteceu com a terra invadida. As pessoas que moravam lá morreram ou estão vivas?"
Lágrimas se reuniram nos olhos de Himekawa.
“Eu estava envolvida em um sentimento de desespero. Mesmo se eu tivesse mais poder, se pudesse ficar mais forte, poderia protegê-los. O eu atual não pode fazer nada, exceto derrotar as armas mágicas diante dos meus olhos, uma por uma. Era como derramar água em uma pedra quente. ” *(T/N: Uma frase japonesa, isso significava esforço inútil ou que falhou.)*
"Himekawa....."
“Com a ordem do comandante, voltei para Tóquio. Há a necessidade de acomodar os refugiados no Megafloat do Japão, então tive que ganhar tempo até os refugiados embarcarem no navio de passageiros atracado na Baía de Tóquio...... essa foi a operação.”
A voz de Himekawa estava tremendo.
“O que eu posso fazer era apenas algo assim desde o início. Algo como proteger o Japão, isso é impertinente demais. Mas vou proteger pelo menos essas pessoas. Olhando para as milhares de pessoas reunidas no porto, jurei isso no meu coração. Quando eles viram minha figura, todos aplaudiram alegremente. A nova arma que pode derrotar as armas mágicas chegou... eles pensaram que poderiam se sentir revividos com isso.”
Mesmo agora, sua voz parecia que ela iria chorar.
"Himekawa...... é suficiente, você não precisa..."
“Uma menina pequena...... uma menina abraçando um urso pelucia tremia de terror...... eu prometi a ela que eu iria protegê-la, fique tranquila, eu disse...... aquela garota sorriu, ela ficou realmente aliviada...... apesar disso, naquele lugar...... aquela coisa, apareceu."
――Categoria-Ultra [Tri-Head]
“Eu era... incapaz de fazer qualquer coisa. Eu não podia fazer nada! Nada! Mesmo que até então não houvesse uma arma mágica que eu não pudesse derrotar! Eu não podia fazer nada... todos, todo mundo... uu, ku...
Lágrimas caíram dos olhos de Himekawa.
Ela suprimiu o choro que derramava da boca com a mão, chorando enquanto abafava a voz.
“Eu era vaidosa, eu…… antes do 2° Conflito com a UA acontecer, fui saudada como o trunfo do Japão…… onde quer que eu fosse, todo mundo me irritava… eu estava… sentindo como se tivesse me tornado uma princesa."
Essa foi uma verdade inesperada.
Essa foi uma grande diferença para ele, que foi expulso do laboratório por sua mãe.
"Mas, se fosse só isso, não é realmente uma história ruim..."
“Além disso... Naquela época, meu interesse pela conversa de minha colega sobre amor estava aumentando... Eu estava constantemente ansiando por amor como os de um romance ou mangá. Por causa disso, antes que eu percebesse, não coloquei tudo no meu treinamento. Mesmo que eu estivesse assumindo uma missão importante, mesmo entendendo isso, eu estava falando de garotos como minhas amigas, querendo dar as mãos a um namorado... Eu só fiquei pensando sobre esse tipo de coisa.”
Dessa vez, Kizuna perdeu as palavras.
Himekawa Hayuru tinha interesse em amor? Ela não colocou todos os sentimentos no seu treinamento?
Isso foi muito inesperado... totalmente inacreditável.
Essa foi realmente uma história sobre a própria Himekawa, houve algum erro em algum lugar?
"Em primeiro lugar, sou apenas um humano desse nível."
Himekawa olhou para baixo.
“Se eu me aperfeiçoasse treinando seriamente naquela época... talvez eu pudesse ter salvo essas pessoas. Se eu não tivesse me empolgado com meu sentimento inconstante e vivesse seriamente, talvez eu pudesse salvar ainda mais pessoas... pensando nisso, me faz querer despedaçar esse corpo de vergonha e arrependimento.”
Himekawa olhou severamente com olhos molhados de lágrimas.
“E assim, não quero repetir esse erro pela segunda vez. Eu me regulo, me controlo, vivo sistematicamente, corro meu desejo, não afrouxo em meu treinamento diário, dou tudo de mim em prol da minha missão. Decidi em meu coração viver assim."
'--É assim mesmo?'
Portanto, a personalidade estoica de Himekawa é por esse motivo.
Kizuna finalmente entendeu a atitude obstinada de Himekawa,
"Todo mundo da Amaterasu que assumiu a mesma missão como eu...... também todos os estudantes de Ataraxia, para que não sigam o mesmo erro que eu, quero que eles levem uma vida saudável."
"Eu entendo o seu sentimento, mas... isso não é um pouco extremo demais?"
Himekawa olhou para Kizuna com olhos vermelhos.
"Não! Isso se tornará algo para proteger sua própria vida. Não apenas isso, também protegerá a vida do povo do Japão. Eu quero que todos vocês entendam isso. Eu absolutamente não quero que um erro idiota como eu cometi aconteça novamente! No entanto, apesar disso!"
Himekawa balançou os cabelos desordenadamente, ela estava literalmente chorando e gritando.
"Fiquei com raiva e saí correndo como quis, depois perdi novamente para o inimigo e me tornei uma refem..."
"Himekawa....."
No rosto de Himekawa, soluçando, apareceu um sorriso depreciativo.
“Pelo bem de alguém como eu, todo mundo agora está enfrentando um perigo...... isso é realmente uma piada..."
Kizuna estendeu a mão para o ombro de Himekawa.
“Está tudo bem, ninguem está pensando assim de você. Até nós..."
“Por favor, me deixe em paz! Em primeiro lugar, sou apenas alguem inutil!”
Himekawa sacudiu a mão de Kizuna com muita força. E então, ela bateu na cama com o punho fechado várias vezes.
“Tudo ficaria melhor se o Core Neros fosse instalado em outra pessoa! Se fosse esse o caso, ninguém se sentiria incomodado ou enfrentaria algum perigo! Mesmo aquelas muitas pessoas...... aquela garota também, talvez elas poderiam ser salvas! ”
Ele nunca tinha visto Himekawa tão histérica.
Muito provavelmente, não havia ninguém no mundo que a tivesse visto assim.
Ela sempre foi digna, decorosa, composta, a séria Himekawa.
Como membro do comitê de moral pública, ela era nobre, justa, rigorosa com as regras, a cabeça dura Himekawa.
'A Himekawa que conhecemos é esse tipo de pessoa.'
"Me desculpa...... porque eu, porque alguém como eu, é quem obteve o Heart Hybrid Gear...... muitas pessoas morreram......"
Mas, a garota fraca chorando e desmoronando aqui, também era Himekawa Hayuru.
"Eu apenas pensei que minha distância com Himekawa havia diminuido, mas não tentei entender nada sobre Himekawa."
"......Himekawa, todos reconheceram que você está lutando com tudo o que tem."
"E-Esse é o resultado no final...... eu só incomodei outras pessoas...... hic*"
Kizuna colocou a mão no ombro de Himekawa.
“Certamente, acho que é importante se arrepender pelo passado. Mas isso é apenas para aprender algo com isso, para que possamos viver melhor no futuro. Não é para se culpar para sempre."
Himekawa encarou Kizuna com olhos vermelhos.
"Mas isso......  no final, eu não aprendi nada...... com isso, não é?"
Lágrimas escorriam de seus olhos úmidos sem parar.
Ele imaginou que ela aguentou isso tudo esse tempo todo. A represa que sua cabeça continha, sua pilha de amargura e tristeza haviam quebrado e transbordado de uma só vez.
“Apenas... me deixe em paz. Eu já desisti, da Amaterasu...... e também de Ataraxia, irei embora..... Eu não quero mais fazer isso.”
Himekawa esfregou os olhos enquanto virava as costas para Kizuna.
'--Isto é mau.'
Ele tem que fazer Himekawa ficar de pé de alguma forma. Não havia como melhorar assim. Não apenas Himekawa, mas Aine e Yurishia que estavam em uma luta amarga agora também foram abordadas pelo perigo.
O que ele deveria fazer?
Qual é a coisa certa a se fazer?
Kizuna se aproximou de Himekawa na cama.
“Himekawa... então vamos fazer isso. Para compensar o problema que causou, você pode ouvir um pouco a minha história?"
“Me amaldiçoe...... hic*, o quanto você quiser. Então, alguém como eu...... hyaa!? ”
Kizuna abraçou o corpo de Himekawa pelas costas.
"Wah, espera, o que você está fazendo!?"
Não apenas a área ao redor dos olhos, suas bochechas também ficaram vermelhas quando ela se voltou para Kizuna. No entanto, ela encontrou o rosto de Kizuna e voltou para a parede em pânico.
"Assim você pode se acalmar, certo?"
Kizuna lembrou como Reiri fez isso por ele quando chorava quando era criança.
'Bem, isso está fora da minha profundidade.'
"……Pervertido."
Himekawa reclamou de mau humor, mas ela não resistiu mais do que isso.
Kizuna respirou fundo e acalmou seu coração, então ele começou a conversar com ela, com o rosto perto de Himekawa.
“Ei, Himekawa. Certamente, pode haver vidas que você não poderia salvar. Mas também deve haver muitas vidas que Himekawa salvou.”
No entanto, Himekawa apenas fez uma careta.
"Algo assim...... eu não sei."
“Não há dúvida sobre isso. Porque você realmente me salvou."
Himekawa estava fazendo uma cara cada vez mais confusa.
"Você esqueceu? Naquele dia em que vim pela primeira vez a Ataraxia, você me salvou de um ataque de um viking.
"Ah......"
Certamente isso aconteceu.
"Mas, isso foi...... mesmo sem eu te salvar, Hida-kun tem um Heart Hybrid Gear, então isso realmente não cont-"
“Mas minha capacidade de combate é inexistente. Além disso, naquele dia, Eros também ainda não havia sido ajustado. Existia a possibilidade de eu não conseguir escapar. Himekawa salvou minha vida. Se Himekawa não estivesse lá, eu não estarei aqui agora."
Himekawa de repente começou a ficar confusa.
"M-Mas...... isso é...... você não entendeu o que eu disse?"
“Esse eu, essa é a pessoa real envolvida nisso, está sentindo que você é a benfeitora da minha vida. Isso não é algo que Himekawa possa decidir. Se preciso dizer mais, Himekawa também salvou a vida de Yurishia e Aine também, você não acha?"
'Por que, isso se tornou assim?'
“Se eu morresse, o Heart Hybrid não poderia ser usado. Nesse caso, Yurishia teria sido morta por Dragre na ilha do sul, e Aine teria morrido pelo ataque do grande navio de guerra antes disso.”
Himekawa tentou argumentar de volta, mas nenhuma palavra saiu. Apenas a boca que ficava abrindo e fechando.
“Se isso acontecesse, Ataraxia não seria capaz de abater o grande navio de guerra inimigo e também afugentar a frota inimiga. Em outras palavras, Himekawa havia salvado o Megafloat do Japão.
"Algo assim...... é apenas......"
“A vida que Himekawa salvou foi para salvar mais vida. Mais cedo ou mais tarde, será um número inacreditável, certo?"
"Isso é……"
Himekawa havia recuperado a maior parte de sua compostura.
No entanto, seu olhar caiu no chão e seu rosto estava ficando sombrio.
"Só por causa disso...... eu não acho que meu pecado irá desaparecer......"
“Para se livrar desse pecado, para salvar ainda mais pessoas, não é por isso que você está lutando junto conosco?”
“……Por isso, eu te disse que um humano inútil como eu causaria danos ainda maiores. Por favor, procure outra pessoa qualificada.”
Kizuna deu um suspiro.
"É assim mesmo……"
Kizuna colocou força em seus braços que estavam abraçando Himekawa e puxou seu corpo para mais perto.
Himekawa foi forçada a confiar seu peso ao corpo de Kizuna.
“O que é isso? O que você está planejando fazer?"
"Isso não está bom?"
"Eh?"
“Porque, Himekawa já tinha desistido de lutar, certo? Então, se você pula seu treinamento ou brinca, mesmo se você tem uma vida desleixada ou se dá bem com um garoto, não deve se importar com isso. Porque essas são coisas das quais Himekawa se absteve para combater o inimigo.”
“I-Isso é...... talvez seja assim, mas... não, não! Eu não estava me abstendo ou algo assim! Não me lembro de dizer que quero fazer essas coisas!"
"Mas, não deveria haver nenhuma necessidade de sentir nenhuma culpa fazendo isso, certo?"
"Eh...... que...... você está certo, mas..."
As bochechas de Himekawa estavam tingidas de rosa.
“Ha-! Não, não tenho nenhuma intenção de te dar minha castidade só por isso!"
"Eu te imploro."
"É por isso! Eu disse que não vou fazer nada..."
"Por favor, ajude Aine e Yurishia."
"Eh……!?"
Ela tentou reflexivamente olhar para trás, lá o rosto de Kizuna estava bem ao seu lado.
O rosto de Kizuna estava sério.
O peito de Himekawa deu um salto latejante.
“Neste momento, elas duas estão em perigo. Para salvá-las, a força de Himekawa é necessária.”
O olhar de Himekawa estava perdido.
"Isso é... já é tarde demais, o que posso fazer..."
"Climax Hybrid."
"Qu-!?"
O rosto de Himekawa ficou vermelho instantaneamente.
"Isso... fazer uma coisa tão vergonhosa é..."
"No momento, para salvar as duas, não há outra escolha."
"......!!"
As palavras de Himekawa ficaram presas na garganta.
--------------------------
--------------------------
--------------------------
--------------------------
Tradutor: Ascherit
Revisor: Ascherit