Masou Gakuen HxH | Vol 4 - Prólogo

 


HxH Prólogo - Vol 4

Prólogo


"Ka...... Kaa-san?"
Com as chamas carmesins subindo atrás dela, Hida Nayuta estava com um sorriso suave.
'Não me diga, é realmente ela?
Mas, por que ela está nesse tipo de lugar?'
Kizuna ficou pasmo com o aparecimento repentino de sua mãe.
A mãe que deu à luz ao Heart Hybrid Gear. Por assim dizer, a pessoa que fez com que eles, os membros da Amaterasu, ficassem sobrecarregados com o destino de lutar usando suas vidas. E então, ela também foi a perpetradora que criou a situação em que eles tiveram que fazer o Heart Hybrid sem nenhuma escolha.
Ele se perguntou se estava enganado e isso era apenas uma semelhança acidental com outras pessoas. No entanto, não importa como ele olhasse para ela, ele só podia ver que era a própria pessoa.
A rajada de vento fez o jaleco branco que ela usava como uma túnica de médico balançar. A mãe dentro de sua memória também estava sempre vestindo um jaleco branco de médico. A aparência dela também, o sorriso que também parecia gentil, tudo isso não mudou de dez anos atrás. Aquela aparência realmente parecida com Reiri parecia tão jovem que, em vez de chamar os dois de mãe e filha, elas pareciam mais irmãs.
"É realmente você...... Kaa-san."
A felicidade de se reunir com sua mãe não brotou dentro dele. Pelo contrário, o suor frio estava encharcando seu corpo inteiro do terror indizível e alerta que governava o corpo de Kizuna.
“Há quanto tempo não nos vemos, Kizuna. Já faz cerca de dez anos... e vinte e um dias já."
Sua voz era suave e elegantemente reverberada.
Uma voz gentil que foi colorida por um sorriso gentil. Era o mesmo de quando ele foi elogiado por fazer experiências no Heart Hybrid Gear quando criança.
E então, também foi o mesmo sorriso quando ela o expulsou do laboratório porque não tinha mais utilidade para ele.
Himekawa também abriu os olhos arregaladamente com o aparecimento repentino de Nayuta.
“Ouvi dizer que o paradeiro dela era desconhecido, mas...... por que ela está nesse tipo de lugar?"
Kizuna engoliu em seco e de alguma forma impediu sua voz de estridente.
“…… No laboratório, encontramos uma mensagem que dizia que ela estava indo para a UA para trabalho de campo. Kaa-san, realmente, foi...... para a AU? ”
"Sim."
Em contraste com o nervosismo de Kizuna, Nayuta respondeu como se não fosse nada. Himekawa, que não sabia da circunstância, olhou alternadamente para as figuras de Kizuna e Nayuta como se procurasse uma resposta.
“Para a UA!? Qual é o significado disso?”
Contendo Himekawa que estava ficando agitada, Kizuna deu um passo à frente.
―― !?
Um calafrio percorreu o corpo de Kizuna...
A escuridão azul marinho apareceu em um balanço por trás de Nayuta. Era uma mulher esbelta e alta, com cabelos azuis profundos. Mas, ela não era uma mulher comum, ele podia entender vendo a armadura mágica equipada em seu corpo.
Era uma armadura flexível que dava a impressão de um réptil de aço. Luz azul clara circulava como fluxo sanguíneo em sua superfície. Essa luz convergiu em sua garra de aço, emitindo uma luz fascinante. Os olhos de Kizuna foram atraídos pelo pequeno pedaço metálico preso nas pontas daquela garra.
Isso foi algo tirado agora mesmo do peito de Brigit. No entanto, naquela hora, essa mulher estava localizada a trinta metros daqui. Ele não entendeu nada, exatamente como aquela mulher daquele lugar podia fazer apenas o braço dela aparecer de dentro do corpo de Brigit. Mas, ele se lembrava de ter visto isso antes, o metal retirado com a forma de uma cápsula com cinco centímetros de comprimento e dois centímetros de diâmetro.
"Isso é, o núcleo do Heart Hybrid Gear... certo?"
Havia também o núcleo de Eros dentro do peito de Kizuna. Quando ele era criança, esse Core foi instalado (operação de incorporação) nele por sua mãe Nayuta. Aquele Núcleo absorveu a vida de Kizuna e, em troca, criou a armadura preta em seu corpo.
"Certo. Mesmo para mim, esta é praticamente a primeira vez que retirei um núcleo do corpo em que foi instalado. No entanto, estou satisfeita por ter obtido um resultado exatamente como previ.”
Satisfeita? Satisfeita você diz...... agora mesmo, Kaa-san disse que se um Core for extraído, o usuário morrerá. Então Brigit está...
Depois que Brigit ficou sem o Core, ela caiu no chão e não fez um único movimento. Kizuna olhou para o corpo de Brigit com uma voz trêmula.
"Ela... ela está morta?"
"Por que você está se preocupando em perguntar algo que você já entende, Kizuna?"
"Kuh......!"
Ele sentiu um impacto como se sua cabeça fosse perfurada pelo grande choque.
'――Isso é...... Kaa-san é, Kaa-san é, realmente...'
“Ki-Kizuna-kun! De qualquer forma, vamos voltar para Ataraxia por enquanto. Temos que trazer Brigit-san para o laboratório! Também temos que levar a professor Nayuta!”
Himekawa passou pelo lado de Kizuna e tentou correr para Nayuta.
“…… -! Himekawa, tenha cuidado!"
A mulher vestindo uma armadura mágica azul estava no caminho, escondendo Nayuta atrás dela.
Himekawa parou as pernas e olhou para aquela mulher.
"O que? O que há com você? Afaste-se daí!"
Contra Himekawa, que expôs sua raiva, aquela mulher estava fazendo uma expressão perturbada.
“Não...... faça isso. Nayuta-sama é... uma pessoa importante.”
"Eh?"
Aquela mulher levantou a mão direita e apontou as pontas dos dedos para Himekawa. Sua distância de Himekawa era de aproximadamente cinco metros. Himekawa também sacou sua espada e tomou uma posição de batalha.
A mulher estava desarmada. Ela não parecia ameaçadora.
No entanto, no momento em que a luz foi emitida das pontas daquela garra de aço, o instinto de Kizuna tremeu de medo.
“Himekawa, volte! Essa coisa é perigosa!"
"Eh? Mas, se isso for verdade, temos que salvar a professora Nayuta..."
"Himekawa-!"
Antes mesmo de terminar de ouvir as palavras de Himekawa, Kizuna pulou até Himekawa. Ao mesmo tempo, a mulher estendeu a mão apontando para Himekawa adiante.
"Espe...... kyaaaa!?"
Ele se agarrou ao corpo de Himekawa e a empurrou de lá.
"O que você está fazendo de repente, por favor, tem hora e o local pra isso-"
Ignorando Himekawa, cujo rosto ficou vermelho enquanto protestava, Kizuna voltou ao local em que Himekawa estava parada naquele momento. Suor frio escorreu pela testa de Kizuna.
“Kizuna-kun? O que--"
Perseguindo o olhar de Kizuna, a respiração de Himekawa parou.
No ar, um braço fixo com garra de aço flutuava. Foi o mesmo braço que tirou o núcleo do peito de Brigit.
Quando olharam para a frente, a mulher que usava armadura mágica tinha o braço começando do cotovelo para baixo, desaparecendo.
'Então é exatamente como eu pensava.'
Se Himekawa continuasse de pé naquele local, certamente o seu Core teria sido retirado da mesma forma que Brigit.
O braço flutuando no ar desapareceu e, em troca, o braço de impulso para a frente teve sua parte desaparecida materializada de volta.
Nayuta de repente deu um sorriso.
“Essa criança é minha guarda-costas, Valdy. A armadura mágica que ela usa é [Rael]. As séries El possuem a capacidade de manipular o espaço. O Zeel de Aldea com quem todos lutaram antes disso também era assim, não era?"
Kizuna ficou de pé e ficou na frente para cobrir Himekawa.
“...Kaa-san. Tenho uma montanha de perguntas e coisas para dizer, mas primeiro quero que você volte para Ataraxia em silêncio."
"Isso é impossível. Não existe tal cronograma em minha ação."
{Kizuna! Absolutamente não a deixe fugir!}
A voz zangada de Reiri ressoou. A janela flutuante de Eros se abriu, e ali o olhar desesperado de Reiri foi projetado. Em contraste, Nayuta estava respondendo com uma atitude composta.
“Qual é o problema Reiri? Ficando tão perturbada assim."
{Qual é o problema, você pergunta!? Você entende exatamente o que está fazendo!?}
“Você quer dizer que eu sou doentia assim? Ou então, você duvida que minhas ações tenham criado um resultado que não está de acordo com minhas próprias ações?"
{Estou perguntando o significado de suas ações!}
Nayuta fez uma voz surpresa.
"Reiri, você não consegue entender o significado das minhas ações?"
{Quem diabos pode entender isso!}
Nayuta inclinou a cabeça com uma expressão perturbada e apoiou a bochecha com a mão.
"Reiri, eu penso nisso há muito tempo."
{O que!}
"Você é uma idiota, não é?"
{...... -!}
Kizuna sentiu como se tivesse ouvido o som de algo estalando do outro lado da janela flutuante.
“Aah, tudo bem não se preocupar com isso. Dizem que uma criança estúpida é fofa, afinal, os humanos em geral são estúpidos.”
Uma voz furiosa e terrível que não se podia imaginar vindo da geralmente calma Reiri jorrou.
{KIZUNAAAAAA! PEGUEE ESSA MULHER AGORA, MESMO QUE TENHA QUE COLOCAR UMA CORDA EM SEU PESCOÇO!}
"Ou-!"
Kizuna encarou Valdy e se posicionou. No entanto, o Eros havia perdido a maioria de suas funções na batalha com Gravel. As armas haviam desaparecido e sua armadura entrou em estado de destruição parcial.
“Kizuna-kun! É impossível em sua condição! Por favor, deixe isso comigo."
Himekawa virou o ponto de Sword para Valdy, que também abaixou a cintura e preparou suas garras afiadas.
Nayuta olhou para Kizuna que estava fazendo uma cara sombria e estreitou os olhos.
“Não diga algo irracional. Ter meus filhos se apegando emocionalmente a mim também não é ruim, mas eu ainda estou no meio do trabalho, então não há como eu ir para casa. Talvez você esteja sozinho, mas aguente."
"Nós não estamos falando sobre algo assim aqui!"
"Então vamos voltar, Valdy."
Quando Nayuta a chamou, um flash correu para a esquerda e direita de Valdy, abrindo os dois braços.
"GUAA!"
No momento em que ele reconheceu que os braços dela desapareceram a partir do cotovelo, o corpo de Kizuna foi jogado para o lado.
"Kya...... -!"
Da mesma forma, Himekawa foi levado para a direção oposta e atingido a parede de um prédio em ruínas.
"Ara...... desculpa."
Valdy levantou Nayuta em seus braços como carregando uma princesa, depois um anel de luz se espalhou pela cintura. Aquele anel aumentou o brilho e flutuou pelos corpos das duas no ar.
Kizuna levantou a parte superior do corpo e gritou em direção a Nayuta.
"Espera-! Espere aí, Kaa-san! Eu preciso que a Kaa-san faça algo sobre o Core de todas! Qual é a maneira de parar a diminuição do Hybrid Count? Não existe outra energia além da vida? Algo diferente do Heart Hybrid..."
“Kizuna, se você tem negócios comigo, venha para Tóquio. Aah também, eu quero conhecer Aine também. Leve ela junto.
"Kaa-san, estará Tóquio!?"
"Sim, correto. Se você vier, eu vou deixar você ver algo interessante... certo, ok?"
Algo interessante?
A armadura mágica de Valdy aumentou em altitude enquanto espalha partículas de luz. E então sua direção mudou para a entrada e ela acelerou em um suspiro.
“Existe o selo na entrada! Você não poderá voltar para a UA!”
Nayuta acenou com a mão em resposta ao grito agitado de Kizuna.
“Ki-Kizuna-kun! A entrada!"
Himekawa soltou uma voz estridente e apontou para a montanha ao longe. Era como se a névoa estivesse subindo da montanha, uma parede fina e brilhante aparecia no ar onde não havia nada.
"Isso é impossível...... exatamente como..."
Era um retângulo gigantesco que poderia atingir até um quilômetro na vertical e na horizontal. A porta para UA, a entrada mais uma vez exibiu sua aparência.
Uma janela flutuante se abriu ao lado do rosto de Kizuna.
{Aqui é Aine! O sistema de vedação foi destruído! Justo quando pensei que o inimigo havia sido exterminado, na brecha quando íamos coletar Yurishia e Scarlet... Kizuna! Seja cuidadoso! Estava indo para o seu lado!}
“O que... o que é isso!?"
Um som metálico como o som de um jato voando se aproximava.
"-!?"
Da direção da entrada, ele podia ver um pedaço de aço voando aqui.
"Kizuna-kun, saia!"
O objeto que voava próximo balançou o punho.
Um... punho de aço?
"DORYAAAAAAAAAAAA!"
Esse objeto entrou correndo sem diminuir sua velocidade. E então o punho gigantesco atingiu o chão enquanto um grito de guerra foi levantado.
Diante dos olhos de Kizuna, ocorreu uma explosão feroz.
A onda de choque sacudiu o chão como um terremoto. O chão afundou e o asfalto rachou de uma só vez, a rua plana teve sua aparência transformada em superfície irregular como pele de rocha.
Era um braço forte e aterrorizante.
Além disso, aquela onda de choque explodiu os corpos de Kizuna e Himekawa a alguns metros de distância.
“UOWAAAAAA-!”
Kizuna caiu no chão e sua pequena armadura restante se partiu.
“Kuh, merda-! O que é essa coisa!?”
“Ahahahahaha, como está? O poder da armadura mágica desta Ragrus-sama, o Demônio!"
Dentro da gigantesca armadura mágica, uma menina pequena se instalou. Seus twintails enrolados tremiam, quando ela cruzava os braços altivamente, os braços metálicos também estavam se cruzando combinando com esse movimento.
'--Enorme.'
Era uma armadura mágica do tipo grande que ele nunca tinha visto antes. Em vez de chamá-lo de armadura fixada no corpo, ele parecia mais perto um robô.
Era uma armadura mágica vermelha vívida. E então, a imensa massa e massa possuídas por aquele corpo gigante fizeram com que os observassem incapazes de ajudar, mas de serem pressionados.
No meio de tudo isso, a coisa mais destacada foram aqueles braços fortes. Os dois braços que crescem nas costas de Ragrus eram estranhamente grossos e longos, mesmo para o grande Demônio. Era áspero como uma pedra, o punho grande parecia capaz de esmagar até o Heart Hybrid Gear em suas garras se esse punho conseguisse pegar sua presa.

Kizuna olhou para Ragrus enquanto levantava seu corpo.
“Merda-, mais uns quantos de UA. Então você é companheira daquela Valdy agora e Gravel ali, hein!"
Ragrus fez uma cara descarada e desagradável.
“Haa? Você está me agrupando com esses tipos de cachos? Valdy é como minha subordinada, e Gravel e Aldea são do exército de subjugação, você sabe? O status delas é diferente de uma guarda imperial como eu. Até a força delas está evidentemente ficando para trás de alguém como vocês.
Ragrus estava literalmente olhando para Kizuna enquanto falava.
A altura da própria Ragrus provavelmente nem chegava a 1,50 centímetros. No entanto, aquelas partes metálicas das pernas que se assemelhavam à armadura ocidental que cobria suas pernas estavam aumentando a altura de Ragrus em mais de um metro.
Os braços robustos de Demon estavam pegando Gravel que estava caída no chão.
“Então, eu vou pedir que você devolva esta mulher. Eu não me importo, mesmo que ela morra, mas ela tem que pagar seu pecado...... em seguida é Aldea... hm. Sim, ela está aqui perto, não é?"
Ragrus abriu uma janela e confirmou o local de Aldea.
"Eu não vou deixar você fazer o que quiser!"
Himekawa deu um passo rápido e golpeou Demon. A Espada que poderia separar armas mágicas como papel desenhou uma órbita aguda. Ragrus não fez o menor movimento, como se ela nem percebesse o ataque de Himekawa. A Espada cortou sem piedade o braço carregando Gravel.
O som de dois metais colidindo entre si ressoou, luz intensa e faíscas espalhadas.
"Qu-!?"
“Hum? O que você está fazendo aí?"
Ragrus fez uma careta como se ela tivesse acabado de notar Himekawa cortando ela.
"De jeito nenhum……"
Himekawa colocou sua força nos dedos que estavam segurando a espada. O braço robusto do inimigo deveria ser cortado. Mas, a espada nem sequer cavou a armadura de Demon.
"Aah nossa, você é um incômodo!"
O braço robusto de Demon estava levemente acenado, como se estivesse enxotando um inseto.
"KYAAAA!"
O braço que foi acenado casualmente roçou um pouco Himekawa. Só então o corpo de Himekawa voou no ar.
"Himekawa!"
Kizuna imediatamente circulou atrás de Himekawa e pegou seu corpo.
"Guh...... AAAAAA-!"
No entanto, o impacto recebido de Demon foi tremendo, Kizuna, que pegou o corpo de Himekawa, foi surpreendido por trás.
"MERDA!"
Ao mesmo tempo em que Kizuna colocou o Life Saver nas costas, os dois mergulharam em um prédio destruído. As pontas dos dedos de Ragrus brincavam com uma de suas twintails enroladas frouxamente, seu olhar fixo estava direcionado para a montanha de escombros que levantava uma nuvem de poeira.
"É problemático, gostaria de matá-los aqui."
A perna de Demon pisou no chão com firmeza. Esse peso fez a perna ceder no chão por alguns centímetros. Com um rosto cruel e manto vermelho balançando atrás, Ragrus estava caminhando em direção a Himekawa, passo a passo.
"Guh...... merda."
Kizuna afastou o pedaço de concreto que o cobria e de alguma forma se arrastou para fora da montanha de escombros. No entanto, Eros gastou todo o seu poder ali. Tornando-se partículas de luz o Heart Hybrid Gear desapareceu do corpo de Kizuna.
Kizuna sacudiu o corpo de Himekawa que ele abraçou em seu peito.
“Himekawa! Se recomponha, você está consciente!?”
O rosto de Himekawa, coberto de fuligem, torceu, ela abriu os olhos levemente.
“Eu... eu estou bem. Eu vou derrotá-la... na próxima."
Com os pés instáveis, Himekawa se levantou. Suor frio também escorria pela bochecha de Kizuna.
――Esta garota é forte. Com nosso estado exausto agora...
“Himekawa, entre em contato com todos os membros. Abra sua janela para mim!
"Eh? Sim, sim."
Seguindo a ordem de Kizuna, Himekawa abriu uma janela de comunicação que foi conectada a Amaterasu e Masters de uma só vez. Kizuna encarou a janela e gritou.
“Todos os membros recuem! Leve os feridos e voltem para Ataraxia o mais rápido possível!"
Himekawa arregalou os olhos.
"De jeito nenhum! Chegamos até aqui, como podemos retornar sem nenhum resultado! Mesmo a professora Nayuta, ainda podemos fazer isso se perseguirmos!”
As palavras reprovadoras de Himekawa fizeram Kizuna cerrar os dentes.
"Isso é uma ordem. Mais do que isso... Não terei confiança para proteger todas as suas vidas."
"Ah......"
O punho de Kizuna estava cerrado. Na medida em que suas unhas cravaram na palma da mão.
“...Certo. Himekawa Neros, retornando à base."
“Eu não posso usar o Heart Hybrid Gear. Posso confiar em você?
"Claro."
Himekawa mostrou um pouco de hesitação, mas ela abraçou Kizuna, que estava apertando os lábios com força. E então, ela abriu totalmente o propulsor e voou até algumas centenas de metros para o céu de uma só vez.
Ah! Ei, não fuja-"
Ragrus olhou para as figuras deles e apertou os lábios.
“Nn...... bem, é óbvio que eles se assustem com esse meu poder. Em vez disso, vamos pegar Aldea rapidamente e voltar para casa. Com isso...... até a capitã Zelcyone... certamente me elogiará."
Ragrus abriu a janela do sensor e confirmou a localização de Aldea, depois caminhou pela cidade em chamas enquanto cantarolava uma música.
--------------------------
--------------------------
--------------------------
--------------------------

Tradutor: Ascherit
Revisor: Ascherit