S Rank Boukensha de aru Ore | Cap. 05

 


05 - A primeira batalha de Elsa



◆ ◇ ◈ ◇ ◆


Hoje, houve uma competição de esgrima na praça da aldeia.


Crianças e adultos competiram usando suas técnica de espadas.


Eu tinha um emprego, então fui só como espectador. E foi a Elsa quem venceu o torneio, tanto na classe das crianças como na classe dos adultos.


Uma vitória esmagadora sobre os outros participantes.


Mesmo os adultos que confiavam em suas técnicas de espadas eram como crianças diante da espada de Elsa. O resultado não mudaria mesmo após 100 batalhas.

"Nossa, Kaizer. Sua filha foi incrível demais! Ela é um gênio. Certamente, no futuro, ela será uma espadachim bem conhecida."


"Certamente graças a um grande instrutor. Era como assistir o você quando era jovem."

Os espectadores ao redor me elogiaram um após o outro.

"Não nada haver. É o esforço dela."


"Chichiue! Você viu?"

No final da partida, Elsa veio correndo feliz.


Com um troféu na mão.


Sua expressão estava cheia de orgulho pela alegria e entusiasmo de vencer.

"Sim, eu vi, parabéns pela sua vitória. É a prova de que Elsa está sempre trabalhando duro."


"Mas ainda está longe da técnica de chichiue. Tenho que trabalhar mais duro, ou nunca poderei acertar um golpe no chichiue."


"Haha. Estou ansioso por esse dia."

Eu sorri para Elsa.

"Umm... você se lembra da promessa?"


"Claro. Se você puder me bater, ouvirei qualquer pedido de Elsa, certo?"


"...Sim..."


"A propósito, o que Elsa vai pedir?"


"I-Isso é um segredo."

Disse Elsa, ela se virou com o rosto corado.


Eu me perguntei, ela estava tentando pedir algo embaraçoso. Tipo como ela queria que eu comprasse um bicho de pelúcia?


Bem, não vamos nos aprofundar nisso.


Estendi a mão e acariciei suavemente a cabeça de Elsa.


Uma voz fraca vazou.


Elsa geralmente tinha uma aparência digna, mas somente nessas ocasiões suas bochechas ficavam soltas.


Quando ela era acariciada por mim.

"Vamos fazer o ensopado de carne de coelho favorito de Elsa para o jantar hoje?"


"Mesmo!?"


"Sim, é uma celebração da vitória. Vou cozinhar com minhas mãos."


"P-Posso repetir?" 

*(N/T: Comer mais que uma pratada, ela quis dizer)*


"Claro. Por favor, coma o quanto quiser."

Eu sorri para Elsa.

"――Horraayyy"

Elsa alegremente segurou a palma da mão na frente do peito.

"Ehehe. Eu quero que a competição de esgrima seja realizada todos os dias, então eu posso ganhar todos os dias e comer ensopado."


"Isso fará com que o número de participantes caia drasticamente."

Se o torneio de esgrima fosse realizado todos os dias, o corpo não suportaria.


Foi nessa hora que eu sorria ironicamente.

"Uwaaaaa! Um monstro entrou na aldeia!"

Eu ouvi o grito de um aldeão.


Tanto eu quanto Elsa abrimos nossos olhos assustados.


――Um monstro, ele disse!?

"A voz veio do outro lado... Elsa fique parada aqui. Não vá a lugar nenhum até eu voltar."


"Eu vou também!"


"--Eh?"


"Eu ganhei a competição de esgrima. Então eu posso lutar com o chichiue! Então, por favor, me deixe acompanhar o chichiue também!"

Elsa olhou para mim, ela era teimosa...


Não importa o que eu dissesse...


Não tenho tempo para convencê-la... não havia como evitar.

"Entendi. Você pode vir."


"--Certo!"

Elsa seguiu atrás de mim em direção ao grito.


A aparência de um monstro veio à minha vista.


Ele estava prestes a atacar o aldeão que caiu no chão.


Era um javali.


Era um monstro javali com presas ferozes e pêlo espesso cobrindo seu corpo.


"Oi, oi!"


"Vai ficar tudo bem! Eu vou te ajudar agora!"


"Eu vou lutar também!"

Elsa tomou a iniciativa de ficar na frente.


Bravamente empunhava uma espada.


Então, a atenção do javali se voltou daquele aldeão para ela.

"―― !?"


Esse monstro começou a correr, expondo suas presas. ――Apesar disso, Elsa não saiu dali.

"A.... ah....."

Parecia que ela estava completamente engolida pela tensão.


Isto é realmente ruim--


Eu chutei o chão para pegar um impulso e fiquei na frente de Elsa.


Parei a corrida do monstro javali diretamente. O impacto foi tão grande que os ossos de todo o meu corpo estavam prestes a se quebrar. Presas afiadas perfuraram meu ombro direito.

"――Kuh!?"

Uma dor aguda correu.


Mas--


Eu não poderia sair daqui. Elsa estava bem atrás de mim.


Juntei todas as minhas forças, segurei as presas daquele javali com força. Em seguida, ergui seu enorme corpo, que estava perto de centenas de quilos, e o joguei no chão.

"Gumo~!?"


Naquele lugar onde aquele monstro javali parou de se mover, eu cortei seu pescoço.


Uma grande quantidade de sangue fluiu para fora, finalmente, morreu completamente. Parecia que eu usei todas as minhas forças.

"Elsa. Você não está ferida, está?"


"E-Estou bem, mas chichiue..."

O olhar de Elsa estava fixo no meu ombro direito.

"Sinto muito. Eu não pude fazer nada... Eu ganhei a competição de esgrima, então pensei que poderia lutar como chichiue..."


"Haha. Não se preocupe. Todo mundo experimentou tal coisa em sua primeira batalha. Experimentando isso, eles aprendem e se tornam melhores aos poucos. "

Eu afaguei a cabeça de Elsa enquanto sorria.

"Chichiue"


"Nn?"

"Estou com medo. Às vezes acho que vou ser morto. Mas tenho pessoas que devo proteger."


"As pessoas que você deve proteger...?"


"Sim. Elsa, Anna e Meryl... Claro, o povo desta aldeia também. Eu não lutei para me proteger, mas para meus entes queridos - é isso que me dá coragem."


"E-Eu também darei o meu melhor!"

Elsa deu força à sua voz.

"Eu também tenho pessoas importantes. Minha amiga Mina-chan e Elera-chan. Anna e Meryl também. Claro, papai também."


"Então você pode brandir suas espadas por causa deles e certamente terá a coragem de superar o medo."


"......*(Acena com a cabeça)* Elsa assentiu profundamente em minhas palavras.


A derrota de hoje certamente seria uma nutrição importante para ela. E não havia dúvida de que ela seria mais forte de agora em diante.


--------------------------
--------------------------
--------------------------
--------------------------

Tradutor: Ascherit
Revisor: Ascherit