Masou Gakuen HxH | Vol 3 - Cap 4 (Parte 1)

 


HxH Vol 3 - Capítulo 4 (Parte 1) - Este é um tratamento médico até o fim

Capítulo 4 (Parte 1) - Este é um tratamento médico até o fim


Parte 1

Uma noite se passou após o ataque inimigo.
{Dez mil metros quadrados de parte da superfície foram substituídos. Quatorze edifícios comerciais foram meio destruídos ou completamente destruídos de outra maneira. Outros seis estão danificados. Até a linha subterrânea também foi influenciada até certo ponto, mas estimamos que ela será reparada em três dias.}
O relatório de danos de Ataraxia foi projetado na parede do laboratório.
O relatório de danos de Kei que estava fluindo sobre essa imagem foi encarado por Reiri e Kizuna com sentimentos desagradáveis.
{É uma sorte que o inimigo tenha pousado na área comercial. Era uma tarde de segunda, então havia poucas pessoas saindo, podemos pensar no dano humano como mínimo. Além disso, também não há danos nas instalações de P&D.}
"Kizuna, sua ferida está bem?"
Reiri olhou para o curativo envolvendo a mão de Kizuna e falou.
"Sim. É apenas um arranhão."
Kizuna que perdeu a consciência foi transportado para o hospital, então ele acordou lá. O estado do hospital era como um hospital de campanha. Os membros da unidade de defesa que interceptaram Gravel foram trazidos um após o outro. Essa cena foi queimada em seus olhos. As pessoas gemiam enquanto o sangue corria de seus corpos. Pessoas que expressaram ressentimento enquanto choravam. Pessoas que se tornaram incapazes de se mover. Ele não conseguia pensar nisso como nada além de uma imagem de pandemônio no inferno.
“Isso é um dano humano mínimo……”
Amaterasu e Masters não podiam igualar apenas um inimigo solitário.
{As estatísticas atuais são quinze mortes, três desaparecidos, vinte e seis feridos gravemente e cinquenta e três feridos levemente. Outros são Himekawa e Yurishia, da Amaterasu, atualmente hospitalizadas para exame. Aine recebeu alta e está se recuperando em sua própria residência.}
“E então, há o dano as Masters, mas... Gertrude tem fraturas ósseas por todo o corpo, além de queimaduras e lacerações em várias partes. Além disso, ela entrou na UTI devido a sangramento maciço. Brigit tem fraturas no braço direito, na clavícula e na perna direita. E então hematomas por todo o corpo, lacerações em várias partes, levará um mês para a recuperação completa. De qualquer forma, eles não podem ser contados como força de batalha. Estamos no meio de chamar o oeste dos EUA para reforçar a força da batalha.”
A imagem da inimiga chamada Gravel e os dados da análise foram exibidos na tela.
{Em relação à capacidade de combate do inimigo e à capacidade da armadura mágica, queremos aguardar análises adicionais. Em vez disso, o ponto que mais deve ser percebido dessa vez é o objetivo do inimigo. Não é para nos exterminar ou mesmo ocupar Ataraxia, o objetivo do inimigo é Zeros e Aine.}
Kizuna não aguentou e interveio.
"Aquela... Por que eles estão querendo Zeros e Aine?"
Reiri balançou a cabeça.
“Nós não sabemos o porquê. Em vez disso, quero perguntar a você. Você nunca ouviu nada de Aine?"
"Eh, não...... nada."
“Desta vez fomos completamente derrotados, mas nosso ganho não é zero. Comparado com Aldea anteriormente, essa pessoa da UA chamada Gravel é mais fácil de se comunicar. Também há muitos fatos estabelecidos nisso.”
Kei assentiu um pouco e passou a mão pelo teclado.
{A habilidade e a arma mágica do inimigo estão usando uma fonte de energia chamada poder mágico. E então, pensamos que eles estão usando o termo [Lemuria] para se referir ao mundo desse lado, e parece que nessa Lemuria, o consumo de poder mágico é surpreendentemente severo. Pensamos que a razão pela qual eles não estão se distanciando muito das entradas também é por causa disso.}
“Sim, assim como o Heart Hybrid Gear? Esse poder mágico sobre o qual o grupo fala, não é isso que chamamos de Hybrid Count?
{Exatamente. Honestamente, existem muitas semelhanças entre a armadura mágica do inimigo e o Heart Hybrid Gear. E então a questão é: eles entendem o nome individual do Heart Hybrid Gear e até sua capacidade individual. Isso é realmente desconcertante. Só podemos pensar que alguém está alimentando informações.}
Reiri cruzou os braços e lançou um olhar afiado.
"Kei, o que você quer dizer é que, talvez, Hida Nayuta realmente tenha ido para a UA, não é?"
{É razoável pensar isso. Por isso, queremos mais informações sobre a UA. Seja obtendo o conhecimento da armadura mágica ou compreendendo o paradeiro da professora, quaisquer que sejam as informações que estão conectadas ao método de contra-medida do Hybrid Count.}
“Em outras palavras, você está nos dizendo para continuar progredindo assim. Ainda que ontem tenhamos terminado assim?"
Kei ficou quieta e puxou o queixo um pouco.
“Nee-chan, eu também concordo. Da próxima vez, derrotaremos absolutamente esse inimigo. Vamos capturá-la e depois fazê-la cuspir tudo o que ela sabe!"
"No entanto, como você vai lutar?"
“Isso é... desta vez fomos pegos de surpresa, então não podíamos fazer o Climax Hybrid. Se pudermos usar apenas o armamento da corrupção, podemos derrotar até aquela Gravel!”
“Mas nem o armamento de corrupção é invencível. O Pulverizer de Aine também foi bloqueado quando foi contra a Aldea.”
"Isso... certamente é verdade."
“Além disso, esse inimigo chamado Gravel é provavelmente uma profissional de combate. Mesmo que seja uma armadura mágica, ela tem uma habilidade que não é inferior às nossas Heart Hybrid Gear. A principal questão é que, inversamente, fica mais difícil usar o Armamento da Corrupção se Ataraxia for abordado pelo inimigo. Se ficarmos descuidados, seremos danificados ainda mais que desta vez.”
Certamente o Armamento de Corrupção possuía poder destrutivo esmagador, mas devido a esse grande poder, era difícil de usar. Se fosse usado descuidadamente, poderia até chegar a afundar em Ataraxia.
{Reiri, proponho implementar o plano C.}
Reiri fez uma cara complicada.

"É possível ser implementado?"
{Ainda está no meio da verificação. Mas, tem perspectiva. Pelo contrário, se isso for impossível...}
Reiri colocou a mão na testa e afundou o corpo na cadeira.
"Não há outra maneira, é isso que você quer dizer?"
Kizuna era completamente incapaz de entender, do que essas duas estavam falando.
"Espere, do que você está falando, plano C?"
“Vamos anunciar mais cedo ou mais tarde. Espere um pouco."
{Ancioso.}
Em vez de esperar ansiosamente, ele só podia sentir uma má premonição.

Parte 2

Depois que Kizuna saiu do laboratório, ele retornou ao dormitório com a limusine que Reiri providenciou para ele.
Ele subiu até o quinto andar exclusivo para Amaterasu usando elevador, caminhou pelo corredor e voltou para seu próprio quarto. No meio do caminho, suas pernas pararam na frente de uma porta.
"Aine......"
Seu exame deveria ter terminado antes mesmo dele e ela retornou primeiro ao dormitório. Kizuna estendeu a mão para bater na porta. Por que o inimigo estava mirando em Aine? Aine sabia algo sobre ela mesma?
Ele queria saber disso. No entanto, mesmo que ele perguntasse, era altamente improvável que ela pudesse responder.
Mesmo pensando nisso, Kizuna bateu na porta.
"Aine, você está aí?"
Depois de um tempo, uma voz voltou da porta.
“Kizuna? Qual é o problema? Se é jornal, eu não preciso disso."
"Você acha que eu me tornei um vendedor de jornais!"
"É por isso que não preciso de nada como detergente."
“Não estou planejando oferecer isso! Em vez disso, tenho uma coisa que quero te perguntar um pouco."
A porta se abriu.
"O que foi?"
"É sobre o inimigo que lutamos ontem, você pode me dar um pouco de tempo?"
"……Tudo bem então. Entre."
Aine estava um pouco hesitante, mas ela abriu a porta amplamente e convidou Kizuna para entrar.
A composição da sala era basicamente a mesma do quarto de Kizuna. Contudo,
"São muitos livros."
Romances, mangás, álbuns de fotos, guias de viagem e assim por diante, livros de todos os gêneros foram empilhados, formando torres. Aquelas torres de livros estavam voando pelos arredores. Não apenas livros, também havia grandes quantidades de discos se acumulando.
Era uma grande diferença com o quarto que Aine usava quando criança no Laboratório Nayuta.
“Tudo isso são dados? Por procurar pistas da memória que você lembrou?"
"Sim está certo. Está um pouco disperso aqui, me desculpe."
"Você chama isso de 'um pouco'?"
Quase não havia espaço para o pé pisar, ele não conseguia nem andar direito. Ele se moveu até o sofá em frente à televisão com problemas, mas também havia livros colocados lá. Aine levou os livros do sofá para a mesa e construiu uma nova torre.
"Por favor sente-se."
Ele sentou no sofá.
“Aa…… err. Como está indo com sua pesquisa? Você encontrou algum tipo de pista, como a cidade ou o país em que estava?"
"Não encontrei nada."
"É assim...... então, coisas que despertaram seus interesses, ou um conhecimento que você sabia antes mesmo de ler o livro, existe algo assim?"
“Também não há nada assim. Mas, graças ao aumento de meu conhecimento ao ler e assistir a vídeos, eu pude entender principalmente que em todo o mundo existem muitas coisas divertidas fora dos combates.”
"Isso é ótimo."
Kizuna sorriu reflexivamente. Olhando para aquele sorriso, as batidas do coração de Aine ficaram mais rápidas. Ela virou as costas para ele para que sua bochecha levemente colorida não pudesse ser vista.
“Então, qual é o problema? Você disse que quer falar sobre o inimigo de ontem."
“Aah, sobre isso...... aquela mulher Gravel, seu objetivo parece ser você, certo? Por isso, estou pensando se pode saber algo sobre isso."
Aine lembrou-se de sua conversa com Gravel e também com Aldea.
{Eu quero perguntar uma coisa. Você se lembra de seu tempo quando criança?}
{Sim, sim, você não entende o que estou falando não é! Aah, mas não há necessidade de se preocupar! Sim, deixe tudo para mim! Eu vou te salvar com certeza!}
'- Apenas o que elas estão dizendo?'
"……Nada. Sou eu quem quer perguntar a elas."
"Não há nenhuma pista ou algo dentro da memória que você lembrou?"
Aine se contorceu antes de seu corpo tremer.
"Aine?"
Enquanto Kizuna estava assistindo Aine, ele se lembrou de uma pergunta simples.
- O que me lembra, de onde veio Aine?
Aine foi descoberta em Chidorigafuchi, no Japão, quando criança.
No final, sua família não pôde ser encontrada e eles não conseguiram entender, de onde ela veio e o que estava fazendo antes de perder a memória.
Aine encarou Kizuna com um rosto que parecia encurralado.
“Kizuna... você vê, toda vez que eu fazia o Climax Hybrid, coisas que eu lembro...... não, coisas que eu acho que são minha memória, quando eu as olho novamente, isso me faz pensar, isso realmente não é uma memória, é algo assim.”
"Eh? Como assim?"
“As lembranças que eu lembrei, todas parecem irreais... a coisa que eu lembrei primeiro, uma natureza linda e uma cidade esplêndida, e o grande relógio mecânico, ainda são normais. Eu pensei que eles poderiam estar em algum lugar da Europa. Mas, as coisas que eu lembrei do Climax Hybrid antes disso, um castelo branco de giz construído no topo de uma cachoeira, uma cidade negra misteriosa e um castelo preto. Uma pessoa que parecia uma rainha de um filme, montada em uma gigantesca estátua de pedra e palanquim enquanto acenava com a mão. E então as figuras de tantas pessoas cobrindo a superfície ajoelhada.”
"Isso é...... certamente, isso não parece ser sua experiência pessoal."
"Certo? Pelo contrário, parecia que eu estava assistindo um filme. Não é algo sobre mim, pensei que talvez fosse apenas um livro que li quando criança, ou um filme que tinha visto. É por isso……"
"É por isso?"
“Mesmo que eu faça o Climax Hybrid, acho que ainda não consigo entender quem sou. Em vez disso, talvez seja melhor não fazer mais isso..."
"O que você disse!?"
Essas palavras eram algo que ele nunca esperava ouvir de Aine, que desejava tanto por uma poderosa arma de longo alcance.
Não, deixando de lado o pensamento de Aine, ele também teve suas próprias circunstâncias. A partir de agora também, inimigos poderosos como Gravel podem aparecer novamente. Naquela época, se o Armamento de Corrupção de Aine se tornasse inutilizável, seria uma grande perda para a força da batalha.
"Não apenas isso... recentemente, até o Heart Hybrid se sentiu estranho de alguma forma."
"Estranho você diz, estranho como?"
“No momento em que fizemos o Heart Hybrid no laboratório antes disso, eu me senti como...... como se fosse me lembrar de algo. Era como uma névoa e não estava muito claro, mas aquilo parecia algo que eu não devo lembrar, era assim. É por isso……"
Com um olhar como se estivesse pedindo perdão, Aine olhou para Kizuna.
'Não... isso é ruim.'
Se ela não fizesse Heart Hybrid, ele não podia esperar que seu Hybrid Count se recuperasse.
E então, se seu Hyrbid Count se tornasse zero, Aine morreria.
“Espere… por favor, Aine. Que mesmo memórias como essa também são um tipo de pista, não é? Certamente, você não entende se é sobre você ou não, talvez fosse apenas sobre uma cena de filme. Mas, basicamente, se entendermos que tipo de filme é, haverá algo mais que podemos entender a partir disso. O que você não quer se lembrar, talvez seja algo como um filme de terror... por acaso, talvez seja algo como uma lembrança assustadora do seu tempo quando criança?”
"Talvez seja assim, mas... eu já..."
Já não quero mais fazer o Heart Hybrid.
Essas palavras sairiam da boca dela agora.
“Por favor, Aine. A partir daqui, a luta se tornará ainda mais feroz. Nesse momento, o Heart Hybrid e o Climax Hybrid se tornarão armas poderosas. Se esperarmos pela recuperação natural, não é impossível, mas continuar lutando contra o inimigo será muito difícil.”
“Entendo isso. Mas... ah."
Kizuna abraçou o corpo de Aine. Seu corpo tremia levemente.
"Você está com medo, Aine?"
"Não particularmente...... eu não estou com medo ou qualquer coisa......"
A mão de Aine circulou nas costas de Kizuna. Ela esfregou o rosto no peito de Kizuna.
"Sim, estou bem."
'--Eu não tenho mais medo.'
“Me escute, Aine. Certamente, se você se lembrar de uma memória que é algo como um sonho desconhecido, ficará ansiosa, eu entendo isso. Mas, não importa que tipo de memória seja, porque existe esse passado que Aine está aqui agora. Não importa que tipo de passado você se lembre até agora, Aine é Aine, nada vai mudar, você não acha?"
Kizuna gentilmente se separou de Aine, então ele olhou para seus olhos vermelhos.
No momento seguinte, um constrangimento violento surgiu em seus rostos. Os dois tinham rostos tão vermelhos, a ponto de sair vapor de lá.
'Merda, como isso pode ser ainda mais embaraçoso que o Heart Hybrid!'
“Então eu já irei. Aah, está certo! Sobre o que conversamos agora, o objetivo desses grupos é o Core do Heart Hybrid Gear, Aldea também disse isso. Certamente eles vieram procurar apenas Zeros, talvez não você."
“Eu acho que sim…… sim! É isso mesmo, certamente é assim!”
Kizuna saiu da sala depois de desmoronar em torno de duas torres de livros.
Dentro da sala que ficou quieta, Aine deu um suspiro profundo.
Ela foi para o quarto com degraus flutuantes e deitou-se pesadamente na cama.
“Kizuna disse essas coisas, mas aquelas coisas que vieram à mente ao fazer o Climax Hybrid, elas certamente parecem um fragmento da minha memória. Não há base para isso. Mas é assim que me sinto."
Mas, elas não são algo que eu desejava.
Por isso, não devo mais fazer o Climax Hybrid.
Dentro de mim, esse tipo de aviso está tocando alto.
'Mas.'
Aine lembrou, os braços de Kizuna que a estavam abraçando, a sensação do peito em que ela pressionou sua bochecha, ela localizou o local onde Kizuna tocou com o dedo.
'Se Kizuna exigir de mim, eu vou...'
Em pouco tempo, o sono convidou Aine, e ela partiu para o mundo dos sonhos.
E então, ela sussurrou enquanto caminhava em direção ao sonho.
"A deusa dança...... nada, e morte, e imperatriz...... e depois...... para a eternidade."
--------------------------
--------------------------
--------------------------
--------------------------
Tradutor: Ascherit
Revisor: Ascherit