Masou Gakuen HxH | Vol 2 - Cap 2 (Parte 1)

 


HxH Vol 2 Capítulo 2 (Parte 1) - A bela mulher do país da ruína

Capítulo 2 (Parte 1) - A bela mulher do país da ruína


Parte 1

"Bem, então, vou explicar o esboço da operação."
Hida Reiri examinou os membros do Amaterasu que estavam reunidos no Laboratório Nayuta.
Foi uma convocação de emergência.
Kizuna, Aine e Himekawa deram ouvidos à história de Reiri com rostos obedientes.
Por outro lado, foi apenas Yurishia quem olhou ao redor com um rosto que parecia que ela começaria a cantarolar a qualquer momento.
Reiri nem estava muito preocupada com o comportamento de Yurishia, ela se virou para o console no centro da sala e chamou.
"Kei, eu vou deixar você explicar."
Na frente do console que parecia uma cabine de comando, uma garota pequena estava sentada.
Ela era a pesquisadora responsável pelo laboratório de Nayuta, responsável pelo departamento de pesquisa da Ataraxia, Shikina Kei.
O cabelo dela estava preso com vários alfinetes, os olhos fixos atrás dos óculos não mostravam nada do que ela estava pensando.
Kei não respondeu e apenas moveu os dedos com uma velocidade incrível. Então, no meio da sala de pesquisa, várias janelas flutuantes apareceram.
Uma janela apareceu na frente de Kizuna e das outras, exibindo o texto que Kei inseriu.
{Ontem, às 2h10 do horário padrão do Megafloat no Japão, pegamos uma onda de rádio fraca.}
Na superfície do piso, um mapa do Oceano Pacífico com o Megafloat do Japão como centro foi exibido. Atualmente, o Megafloat estava navegando entre Papua Nova Guiné e Filipinas. Uma linha vermelha piscando se estendia do Megafloat do Japão no mapa.
{Quando a onda de rádio foi analisada, entendemos que era sem dúvida algo usado pela humanidade para transmissão. Essa linha pontilhada está exibindo a direção de onde a onda de rádio foi enviada.}
O mapa foi rolado seguindo a linha pontilhada esticada.
Em pouco tempo, a rolagem da tela foi interrompida no ponto final da linha que era uma ilha.
"... Guam?"
Yurishia levantou uma voz interrogativa.
"Corrigir. A onda de transmissão foi entregue em torno de Guam. Yurishia, você já esteve na base militar americana em Guam?
“Apenas no grau de parar um pouco por lá. Foi antes do 2° Conflito com a UA, então eu não tinha nenhuma impressão a não ser uma área de resort normal...... mas, naturalmente, esse lugar também tem uma Entrada, certo?”
A origem não era clara, mas as entradas que ocorreram devido à colisão do espaço mundial existiam apenas acima da terra. Além disso, ele só apareceu em terra com um certo grau de tamanho, não apareceria em um lugar como uma pequena ilha.
Mas, o tamanho da terra de Guam era de mais de 500 quilômetros quadrados, era uma ilha grande. Havia uma grande chance de uma entrada com a UA existir lá.
{Há um registro de que uma Entrada apareceu no 2° Conflito com a UA e se transformou em uma batalha. No entanto, depois disso, ninguém sabe como foi o resultado.}
As palavras de Kei não foram geradas como som, mas transmitidas a elas como texto na janela. Não era como se ela tivesse uma deficiência que a impedisse de falar. Ela era extremamente pobre em se comunicar com as pessoas.
“Não sabemos se há alguém em Guam ou se foi o povo da UA que usa instalações humanas. No entanto, em qualquer caso, supostamente havia alguém nos enviando uma transmissão. A missão desta vez é infiltrar-se em uma área sob o controle da UA e deixar clara a fonte da transmissão. Todos vocês vão pousar na ilha de Guam.
"O que!?"
Kizuna levantou a voz reflexivamente.
“Há uma entrada lá, certo? Isso é muito perigoso!"
"A situação não vai mudar para melhor se continuarmos com medo da sombra do inimigo para sempre e apenas corrermos por aí."
Reiri disse categoricamente.
"Então, vamos marchar para a terra controlada do inimigo...... e começar uma guerra completa?"
Até agora eles estavam usando a frase de guerra com a UA, mas na realidade não havia batalha, porque a UA era superior. A humanidade foi exterminada unilateralmente, seus países roubados e eles escaparam acima do mar, onde a mão do inimigo não podia alcançar.
E então, mesmo agora, eles estavam se escondendo daquela sombra, correndo de um lugar para outro acima do mar.
Certamente, eles derrotaram o encouraçado do inimigo com o Armamento de Corrupção de Zeros, mas, ao contrário, estavam apenas afundando um encouraçado depois de todo esse tempo.
“Antes que a guerra aconteça, precisamos primeiro saber sobre o inimigo. Nosso conhecimento sobre a UA é inexistente.”
O mapa projetado sob seus pés começou a se mover mais uma vez.
Kei manipulou o console e bateu no teclado.
{O principal objetivo desta missão é coletar informações da área que ficou sob o controle do inimigo. Originalmente, queremos investigar o Japão continental e as ilhas vizinhas, mas na situação atual o perigo é grande. De nossa experiência até agora, quando entramos na faixa de duzentos a trezentos quilômetros da terra, a possibilidade de o inimigo nos detectar é alta. Em outras palavras, quanto mais nos aproximamos de uma terra grande, o perigo também está aumentando. Nesse sentido, a terra de Guam, que não tem nenhuma outra entrada nas proximidades, é adequada como o primeiro teste.}
“Primeiro o Megafloat do Japão se aproximará de Guam até 300 quilômetros. Todos Amaterasu decolam a partir daí. Separem em dois grupos e, em seguida, investigue a área urbana central Hagania e Tamon e a base aérea de Andersen, no lado norte. Pela divisão do grupo e pelas instruções sobre a cena atual..... Kizuna, você assume o controle.”
"Eh! Eu?"
Kizuna ficou chocado com a indicação repentino.
"N-Não, é impossível, mesmo que você tenha dito de repente..."
O ombro do Kizuna em pânico foi levemente batido.
“Fufufu, cuide de nós. Capitão-san iniciante ★”
Yurishia mostrou uma piscadela de uma distância próxima.
"Não, sério, não há como eu ser o capitão..."
"Não é impossível nem nada, talvez isso possa ser dito como o homem certo no lugar certo."
Aine inesperadamente falou como se fosse um endosso de Kizuna.
“Aine...... não, eu nunca pensei que você diria isso sobre mim. Agora me sinto um pouco tímido."
“Porque Kizuna geralmente não tem capacidade de combate, você está apenas sendo inútil. Por isso, acho que é bom você ser o capitão em um lugar longe da linha de frente. Para que você não seja um obstáculo para nós."
"Então você está apenas se livrando de um incômodo!"
Dito isto, o que Aine disse também fazia sentido. O Eros de Kizuna quase não tinha nenhuma habilidade de combate, não tinha outro recurso redentor além do seu Life Saver.
No entanto, mesmo Eros tinha um método para obter uma habilidade de combate maravilhosa.
―― [Climax Hybrid]
Com esse fenômeno que era ainda mais superior que o Heart Hybrid, traria resultados verdadeiramente milagrosos. Poderia ligar o Heart Hybrid Gear do parceiro e adicionar uma arma especial chamada [Armamento de Corrupção]. E então, ao mesmo tempo, Eros copiava a capacidade do parceiro Heart Hybrid Gear, possibilitando que Eros exibisse capacidade de combate semelhante.
“Porém, ao se aproximar, o inimigo nos encontrará rapidamente, não é? Além disso, se houver um número incrível de exércitos naquela area, cairemos em uma situação muito ruim..."
Como se quisesse se exibir, Aine balançou os cabelos prateados que brilhavam com a iluminação.
"Bem, naquele momento, mostrarei como extermino o inimigo com meu armamento de corrupção [Pulverizador]."
Ela era verdadeiramente presunçosa. Seu rosto parecia que não poderia ser mais triunfante do que isso.
Yurishia riu zombeteiramente 'fufun' com isso.
"Você não consegue mais usar o Pulverizador?"
"……Você"
A boca de Aine estava fechada com força.
“Desapareceu quando o tempo passou correto? Se orgulhava do Armamento da Corrupção ♪ ”
Após essa batalha, Zeros foi testado no Laboratório Nayuta. No entanto, quando Aine tentou equipar o Zeros, o Zeros retornou ao seu estado padrão e o Pulverizador também desapareceu.
O Eros de Kizuna também era o mesmo, foi revertido para o equipamento inútil usual.
"Então, só preciso fazer mais uma vez, o Climax Hybrid."
“Ora, desta vez eu deveria estar testando. Ei? Que tal esta noite? Vamos a um encontro em um hotel..."
"Por favor parem! Isso é realmente sem vergonha!
Himekawa gritou com um rosto vermelho brilhante.
"Vocês todos, parem de brincar."
Com uma única frase de Reiri, o local voltou ao silêncio mortal.
“Bem, então, dispensados. A operação começará amanhã à noite. Até lá, estude as informações necessárias, como o mapa local.”
Reiri disse isso e saiu da sala.
Sua cabeça doía ao assistir as três continuando a brigar.
Uma janela apareceu na frente de Kizuna, que soltou um suspiro profundo.
{Se você precisar de um hotel para namorados, diga a qualquer momento. Eu vou prepará-lo.}
Shikina-san.
Do outro lado do console, ele podia ver Kei erguendo um polegar reservado.


Parte 2

O pôr do sol do sul do país era realmente bonito, não se cansava de vê-lo, não importa quantas vezes.
De pé na beira de Ataraxia, Kizuna estava olhando para o horizonte que foi pintado pelo pôr do sol.
O grande sol estava afundando no mar, a cortina da noite foi gradualmente abaixada acima da cabeça. Aquele estado que continuava mudando momento a momento era exatamente o horário da mãe natureza.
Este local era o campo de testes adjacente ao laboratório Nayuta. A largura era próxima a uma pista de atletismo de 400 metros. Desde o passado, essa era a instalação usada para experimentos de ativação do Heart Hybrid Gear e equipamentos similares. Kizuna também teve seu primeiro vôo neste lugar quando ele era criança.
Nesse momento, ele já havia terminado de usar Eros. Ao mesmo tempo, Aine, Himekawa e Yurishia também estavam usando seus respectivos Heart Hybrid Gear.
Na frente de Kizuna, a janela flutuante de Kei apareceu.
{A verificação de todas a área está concluída. Não há problema, você pode ir a qualquer momento.}
Kizuna levantou a mão para Shikina Kei, que estava em um local ligeiramente separado para mostrar seu pensamento de reconhecimento.
“Então, vamos ir em breve. Vamos nos separar em dois grupos, eu e Himekawa, Aine e Yurishia. Nós estamos indo para a área urbana no centro, Hagania e Tamon, Aine e Yurishia devem investigar a base da força aérea de Andersen no norte.”
Yurishia assentiu.
EntendidoEu sei mais ou menos sobre essa base.
“Após a separação no local, inicie a investigação. Duas horas depois, vamos nos encontrar no local do aeroporto, no centro da ilha. O inimigo pode estar interceptando, então basicamente não usaremos nossa comunicação. No entanto, em situação de emergência não conta. Isso é tudo, alguma pergunta?"
Aine levantou a mão.
"Por que Kizuna e Hayuru estão juntos?"
"Eh? Não, é melhor para Yurishia, que tem familiaridade, ir para a base, certo? Se Yurishia e Himekawa estão se agrupando, isso significa que eu e Aine nos agruparemos.”
“Existe algum problema, eu imagino? Embora, dependendo da sua resposta, seu pescoço possa quebrar."
“Não diga nada assustador! Um grupo comigo que não tem poder ofensivo e você que é especialista em curta distância, o equilíbrio é simplesmente ruim.”
"Se, se esse for o problema, tudo bem se fizermos o Climax Hybrid, não é?"
“Certamente o Pulverizer(N/T: Vou deixar em Inglês) tem um poder incrível, mas é grande, apenas disparar uma vez fará uma grande comoção. Ele não pode ser usado em uma investigação de infiltração, certo? Mesmo eu só vou conseguir a habilidade de Zeros, então só serão duas pessoas com a mesma habilidade.”
"......Que homem inútil."
"Em seguida, há também uma escolha onde eu vou para a base, mas......"
Aine comparou o rosto de Yurishia e Himekawa.
"Não pode ser ajudado então..."
Aine olhou para o rosto irritado.
Ela parecia insatisfeita, mas por enquanto parece que ela entendeu a situação em que Kizuna poderia ser aliviado dentro de seu coração.
"Sim, vamos lá!"
Juntamente com o comando de Kizuna, os quatro Heart Hybrid Gear voaram para o céu.
A luz foi acesa dos propulsores, quatro cores de luz desenhavam linhas no céu vermelho mais louco. Em pouco tempo, essas luzes se separaram em duas, transformando-se em duas faixas de luz azul-dourada e vermelha-rosa.

Depois que Amaterasu partiu, Reiri e Kei estavam observando o andamento da operação no Laboratório Nayuta.
No entanto, eles não conseguiam entender os detalhes da situação em Ataraxia. No final, eles estavam apenas esperando pelo contato. Reiri e Kei se separaram dos outros funcionários e se isolaram na sala de controle do centro.
“Re-ri, quer uma bebida? Também tem cerveja local, sabe?"
“Ah, isso criado em Ataraxia. Onde, vamos tentar beber."
Como as duas eram melhores amigas desde que eram estudantes, a atmosfera entre elas era agradável. Eles estavam supostamente no meio do dever, mas a atmosfera estava realmente relaxada.
Reiri pegou uma garrafa de cerveja com o rótulo Ataraxia na geladeira e abriu a rolha com o saca-rolhas que Kei entregou a ela.
Kei abriu uma garrafa de cola e estendeu-a em direção a Reiri.
"Para o sucesso da operação."
"Sucesso."
As garrafas emitiram um som estridente.
As duas colocaram a boca diretamente na garrafa. O ácido carbônico frio estimulou a língua, molhando a garganta.
"Fuh, é inesperadamente bom."
"Certo?"
Depois de beber a garrafa num piscar de olhos, Reiri abriu uma segunda garrafa.
“Re-ri. Aquela onda de rádio, o que você acha disso?"
“Nove em cada dez, é apenas uma coincidência. Algo como um antigo meio de comunicação com defeito... ou algo assim.”
"Eu acho que é um julgamento sensato..... mas, por algum acaso, pode ser humano."
"Voce sabe de alguma coisa?"
“Essa onda de rádio está enviando dados. Algum tipo de teoria e... arquivo gráfico como um mapa.
Reiri ergueu as sobrancelhas.
"O conteúdo detalhado?"
“Isso ainda é desconhecido. Mas, talvez esteja relacionado à entrada."
"Entendo... no entanto, o remetente pode ser uma pessoa da UA."
Kei assentiu brevemente.
"Re-ri...... você não acha, que pode ser a professora Nayuta?"
A mão de Reiri que estava carregando a garrafa para a boca parou.
"......"
Ela colocou a garrafa sobre a mesa e largou o corpo pesadamente no sofá.
"Não."
"--Entendo."
O silêncio fluiu entre as duas.
"Kei, você quer conhecer essa pessoa?"
Os lábios de Kei pareciam um pouco sorridentes.
"Eu não sei. Mas, talvez seja assim. Essa pessoa é...... um gênio, afinal. Ela é algo como um alvo de adoração."
"Até você é um gênio, sabe?"
Kei balançou a cabeça com um sorriso irônico.
“A dimensão é muito diferente. Na frente da professora Nayuta, alguém como eu é uma mera pessoa comum."
Reiri mais uma vez engoliu sua cerveja.
"...Re-ri você mesmo, professora Nayuta...... sua mãe, o que você acha dela?"
Reiri colocou a garrafa que terminou de beber no chão.
E então, ela falou enquanto olhava para algo distante.
"Meu inimigo final."


Parte 3

Yurishia e Aine estavam de pé em frente à base militar dos EUA na parte norte da ilha de Guam.
O sol já havia afundado no mar. Não havia uma única luz artificial, apenas o luar criava silhuetas do edifício onde ficavam a sede e o escritório e o hangar das aeronaves.
“Quando não há presença humana aqui, parece um lugar diferente.
Yurishia corajosamente entrou no recinto da entrada que estava entreaberta.
Aine também continuou atrás dela.
"Nada mudou desde a última vez que você veio?"
“Hmmm, foram apenas dois, três dias para mim, então, honestamente, eu não me lembro de nada…… mas acho que nada mudou. Isso é o que a torna estranha."
"Estranha?"
"Porque, não há sinal de batalha, vê?"
Aine mais uma vez olhou em volta para a entrada pela qual elas passaram e a cerca, depois para os prédios dentro do terreno.
Certamente não havia nada destruído aqui. Pelo contrário, não havia sequer uma única marca de bala. As pessoas só foram embora daqui, deixando apenas grandes recipientes sem nada dentro. Essa foi a impressão dela.
"Eles escaparam...... ou então, eles se renderam sem resistência, eu me pergunto..."
Yurishia ponderou com uma cara complicada.
Aine manifestou várias janelas em volta do rosto e procurou nos arredores com todos os tipos de sensores.
“Não há nada realmente se destacando. Apenas edifícios completamente abandonados, eu me pergunto se é bom chamá-los assim?"
"O que aconteceu aqui, é ótimo se pudéssemos encontrar alguma pista."
Yurishia sussurrou com um tom despreocupado, mas seus olhos estavam vigilantes observando o ambiente.
Aine também respondeu enquanto olhava para o sensor.
“E também queremos informações sobre a UA. Nós somos os primeiros a se infiltrar em um lugar que estava sob controle inimigo, certo?"
"Possivelmente. No mínimo, nunca ouvi falar de nenhuma história sobre informações trazidas desse tipo de lugar.”
Depois de seguirem em frente, encontraram uma grande torre de aço. Yurishia parou de andar em frente ao prédio sem iluminação na frente da torre.
“Deveria haver um mecanismo de comunicação aqui. Primeiro, vamos vasculhar este lugar.
Depois que eles entraram pela porta entreaberta, havia um corredor escuro como breu continuando para o interior.
Yurishia sacou a arma na cintura. Foi uma [pistola de partículas] que disparou partículas produzidas pelo Heart Hybrid Gear como balas.
"Eu vou primeiro. Aine, por favor, cuide das minhas costas."
"Entendido".
O corredor escuro era pouco iluminado pela luminescência do Heart Hybrid Gear.
As duas estavam avançando enquanto prestavam atenção meticulosamente.
"Tudo...... é realmente impecável."
“…….Pelo contrário, não há nada aqui.”
Em vez de chamar o lugar de limpo, não havia nada.
Sem mencionar armadilhas, nem mesmo o equipamento e a máquina foram deixados para trás o suficiente. As estantes isoladas deixadas não tinham um único livro. A gaveta das mesas estava vazia. E então, nem um único dispositivo eletrônico como PC ou qualquer outra coisa foi encontrado.
Embora essa fosse uma base militar, a operação aqui era semelhante a um escritório do governo. Deveria haver uma montanha de livros e documentos aqui, sem PC ou monitor aqui, não haveria trabalho que pudesse ser feito.
“Ei, Yurishia. O exército dos EUA está desamparado? Gostaria de saber se eles venderam seus móveis para a casa de penhores."
"Não há nenhuma maneira de ser verdade......"
O corredor escuro continuou reto. Alguns metros à frente havia apenas escuridão. Aquela escuridão parecia continuar em direção a um mundo diferente.
"?"
À frente do corredor, uma luz fraca era visível.
"Isso é--"
Yurishia ergueu o dedo indicador na frente dos olhos de Aine. Não fale… olhando para essa placa, Aine assentiu em silêncio.
Ambas 'mataram' o som de seus passos e avançaram.
Pouco a pouco a luz aumentou.
'--Uma porta.'
Havia luz saindo da porta.
O batimento cardíaco de Yurishia ficou mais rápido.
'--Há alguém?'
Yurishia preparou sua pistola de partículas.
Ela se agarrou ao lado da porta sem emitir um único som, com um sinal de mão que chamou por Aine.
Aine e Yurishia assentiram, depois Aine abriu a porta lentamente. Yurishia se separou um pouco da porta, combinando-se com o ângulo de abertura da porta, ela confirmou o interior da sala.
"Claro, não há nada."
Quando Yurishia entrou na sala, ela abaixou a arma.
Aine que entrou por trás perguntou a Yurishia.
"Isso é?"
"Quem sabe....?"
Diante dos olhos das duas, havia um dispositivo de comunicação que ainda tinha eletricidade.
No console grande, um ruído baixo pode ser ouvido um pouco.
A luz emitida pelo monitor do dispositivo de comunicação estava iluminando o rosto de Aine.
“Eu me pergunto se era apenas essa coisa que estava conectada à eletricidade esse tempo todo? Se não……"
Yurishia colocou o fone de ouvido conectado a um dispositivo.
"Alguém, estava vindo aqui recentemente...... provavelmente..."
“Ainda há tempo até nos encontrarmos. Vamos tentar investigar um pouco mais.
Yurishia acenou com as palavras de Aine e colocou o fone de ouvido no console.
Barulho estridente continuava saindo do fone de ouvido.
--------------------------
--------------------------
--------------------------
--------------------------
Tradutor: Ascherit
Revisor: Ascherit